Previsão do Tempo

Mapa do Município

Bandeira Municipal

Brasão Municipal

HISTÓRICO

São poucas as informações sobre a fundação do povoado que deu origem a esse Município, sabendo-se, entretanto, que foi a época da Proclamação da República.

A Lei nº 934, de 31 de julho de 1879, criou no lugar chamado Bagre, que pertencia ao Município de Oeiras, uma capela curada que, através da Lei nº 1.173, de 23 de abril de 1883, passou para o município de Melgaço. E em 1887 já no crepúsculo do regime monárquico, pela Lei nº 1.306, de 28 de novembro, foi elevada à condição de Freguesia, permanecendo, assim, até a República.

Por solicitação de seus habitantes, o governo provisório do Pará - o primeiro republicano - em 1890, pelo Decreto nº 210, de 28 de outubro, criou o município de Bagre. Da mesma data é a portaria que nomeava o Conselho de Intendência Municipal, sendo presidido pelo intendente Manoel Evaristo de Mendonça, eleito no primeiro pleito municipal ali realizado. A posse dos nomeados e a instalação oficial do Município ocorreu a 11 de novembro de 1891.

Bagre pertenceu, sucessivamente, aos municípios de Portel (Decreto nº 6, de 4 de novembro de 1930), Curralinho (Decreto nº 72, de 27 de dezembro de 1930) e, em 1935, com a Lei nº 8, voltou a pertencer a Portel, apresentando-se como um de seus distritos, o que foi considerado pelo Decreto-Lei nº 2.972 de 31 de março de 1938.

Pelo Decreto-Lei nº 3.131, de 31 de outubro de 1938, o município de Portel perde para Oeiras o distrito de Bagre. Em face do disposto no Decreto-Lei nº 4.505, de 30 de novembro de 1943, o município de Oeiras e o distrito de Bagre passaram a denominar-se Araticu, constituído de dois distritos: Araticu e Bagre.

Bagre, até 1961, pertencia ao município de Araticu, hoje Oeiras do Pará. A Lei nº 2.460, de 29 de dezembro de 1961, lhe restituiu a autonomia municipal.

O Município é constituído dos distritos de Bagre e Pedreira.

CULTURA

A memória cultural e histórica do município de Bagre está intimamente ligada ao município de Oeiras do Pará. A razão está no fato de que Bagre foi desmembrada do antigo município de Oeiras, ganhando autonomia municipal, em 1961.
Como expressão religiosa, destaca-se a festa de Santa Maria, padroeira do lugar, realizada no período de 20 a 30 de maio, com Círio fluvial, arraial, ladainha e festa dançante.

Os equipamentos culturais resumem-se a uma Biblioteca e uma Casa da Cultura, vinculadas à Prefeitura Municipal.

População estimada em 2007

18.580

Área da unidade territorial (km²)

4.397

 

Geografia

Clima: Equatorial superúmido

Mesorregião: Marajó

Microrregião: Portel

Altitude: 31 metros

Latitude: - 1,89972 graus e decimais de graus

Longitude: - 50,16444 graus

@lvo Pesquisas

Este site utiliza Atendimento Grátis

Rua dos Pariquis 3492, sala 3
Cremação, Belém - PA - (91) 3353-8108

© Copyright 2006 - 2014

Alvo Publicidade e Marketing - todos os direitos reservados

@lvo Pesquisas

Webmaster Marcus Santos

designed by