Previsão do Tempo

Mapa do Município

Bandeira Municipal

Histórico

O Município de Baião era, primitivamente, muito grande, com extensão territorial até Mato Grosso e se desdobrou em quatro municípios: Baião, Marabá, São João do Araguaia e Conceição do Araguaia.

A origem de Marabá foi a existência de um núcleo agrícola que se instalou na margem esquerda do rio Tocantins, contratado por Carlos Leitão e, como não teve vida própria, alguns moradores abandonaram o local, transferindo-se para a colônia militar de São João do Araguaia. Outra parte formou um novo estabelecimento, em agosto de 1895.

Até a sua data de criação, através da Lei nº 1.278, de 27 de fevereiro de 1913, os habitantes viveram na luta pela sobrevivência, inclusive política, quando ocorreu sua instalação.

Decreto nº 3.220, de 4 de maio de 1917, o Município obteve uma forma definida de limites que, inclusive, os ampliou, graças aos esforços de Leandro Tocantins, então delegado do Município, em Belém.

A Lei nº 2.116, de 3 de novembro de 1922, extinguiu o Município de São João do Araguaia e anexou-lhe o território de Marabá, cuja sede foi elevada à condição de cidade pela Lei nº 2.207, de 27 de outubro de 1923.

O Decreto nº 287, de 13 de abril de 1931, muda para Lago Vermelho a sede do Município de Marabá, pela impossibilidade da permanência da sede da Prefeitura, no lugar onde se encontrava, sujeita a periódicas enchentes do rio Tocantins.

A Lei nº 8, de 31 de outubro de 1935, enumera Marabá, subdividindo-o em 5 distritos: Marabá (sede), Itupiranga, Jacundá, Santa Isabel e São João da Ponta, o que não ocorreu com o Decreto Lei nº 2.972, de 31 de março de 1938. Em quadro anexo à Lei, o Município figura com apenas 3 distritos: Marabá, São João da Ponta e Santa Isabel e, em cumprimento ao Decreto-Lei nº 3.131, de 31 de outubro de 1938, Marabá abrangia os distritos de Itupiranga e Jacundá, recém-criados. Essa divisão permaneceu pelo Decreto-Lei nº 4.505, de 30 de dezembro de 1943.

Marabá perdeu os distritos de Itupiranga e Jacundá, para constituir o Município de Itupiranga, pela Lei nº 62, de 31 de dezembro de 1947, cuja instalação ocorreu em 1948.

A Lei nº 158, de 31 de dezembro de 1948, que altera a última, manteve a criação do Município de Itupiranga, tendo ficado Marabá despojado dessa área.

Com a emancipação municipal de São João do Araguaia, pela Lei nº 2.460, de 28 de dezembro de 1961, perdeu área para constituição desse Município.

Em 1988, foi criado o Município de Curionópolis, com área desmembrada de Marabá, pela Lei nº 5.444, de 10 de maio.

Após sofrer várias anexações e desmembramentos, o Município possui, atualmente, um distrito que lhe dá o nome.

Sua denominação é atribuída a Francisco Coelho da Silva e é um termo tupi, segundo Theodoro Sampaio, que significa “filho de francês com mulher índia”.

O seu primeiro prefeito foi Antônio da Rocha Maia.

Estimativa da População 2007 196.468
Área da unidade territorial (km²)

15.092

 

Geografia

Clima: Equatorial superúmido

Mesorregião: Sudeste Paraense

Microrregião: Marabá

Altitude: 84 metros

Latitude: - 5,36861 graus e decimais de graus

Longitude: - 49,11778 graus e decimais de graus

@lvo Pesquisas

Este site utiliza Atendimento Grátis

Rua dos Pariquis 3492, sala 3
Cremação, Belém - PA - (91) 3353-8108

© Copyright 2006 - 2014

Alvo Publicidade e Marketing - todos os direitos reservados

@lvo Pesquisas

Webmaster Marcus Santos

designed by